Todos os posts de Elthon Leite

Sobre Elthon Leite

Logístico; Analista Financeiro do Instituto Ser Educacional.

Dia mundial em memória das vítimas de trânsito

FotorCreated

Em comemoração ao dia Mundial em memória das vítimas de trânsito, a

 

UNINASSAU,  através  do  Instituto  Ser  Educacional,  em  parceria  com  o

 

DETRAN-PE, o DER, a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, o Clube de

 

Motos e a Associação de Vítimas de Trânsito realizaram uma ação de educação para o trânsito, com foco na prevenção aos acidentes, principalmente com motos, tendo como objetivo sensibilizar os condutores sobre os riscos da imprudência no trânsito.

 

O Evento aconteceu no Cabo de Santo Agostinho /PE, em frente ao Posto da Polícia Rodoviária Estadual, onde fica localizado o Crucifixo automotivo, inaugurado em 2015.

 

Apresentação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Crucifixo automotivo é uma campanha de sensibilização dos condutores sobre os riscos da imprudência no trânsito. Nas cidades onde a ação é implantada são montadas em vias de grande circulação um Crucifixo de Carros como símbolo do combate à imprudência no trânsito. O monumento tem aproximadamente 20 metros de altura e é criado com carros semidestruídos, após graves acidentes. A ação é uma iniciativa da UNINASSAU, em parceria com o DETRAN-PE e o DER.

 

Calçada Itinerante nas paralimpíadas

_mg_0852

Entre os dias 10 e 17 de setembro, as Calçadas Itinerantes da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau foram utilizadas no Rio de Janeiro, durante os Jogos Paralímpicos, para sensibilizar a população sobre os obstáculos enfrentados diariamente por pessoas com deficiência. Os equipamentos ficaram instalados nos quiosques de número 07 e 08 do Governo de Pernambuco, na praia do Leme.

Foram usados quatro blocos de calçadas, uma cadeira de rodas, duas bengalas e vendas para os olhos. Quatro monitores bilíngues ficaram responsáveis em orientar as pessoas para a experiência sensorial no uso das calçadas.

O coordenador de Responsabilidade Social do Instituto Ser Educacional, Sérgio Murilo, apontou essa iniciativa como primordial para que as pessoas possam sentir um pouco o que alguém com deficiência ou mobilidade reduzida passa no cotidiano. “Nada melhor do que se colocar no lugar de outra pessoa para sentir o problema. As calçadas sensoriais possuem esse objetivo. É uma experiência sensorial impressionante. Todas as pessoas poderão usar o equipamento e presenciar as dificuldades de transitar pelas calçadas do nosso país”, afirma.

Fonte: Imprensa do Grupo Ser Educacional

 

Olimpíadas Especiais Promove Inclusão no Recife

FotorCreated

Evento proporcionou disputas mistas entre deficientes e não deficientes

Não restam dúvidas que o ano olímpico inspirou grande parte dos brasileiros. Com os olhos vidrados nas disputas, o público torceu e percebeu que o esporte é, indispensavelmente, uma grande ferramenta de inclusão social. Nas Paralimpíadas, o Brasil deu um show de atuação, encerrando o certame com a melhor campanha de sua história. A delegação brasileira conquistou 72 medalhas, ocupando a oitava colocação no quadro geral. Essa boa fase demonstra que nos esportes não existem barreiras para pessoas com deficiência.

Em Pernambuco, a referência nos esportes inclusivos vem sendo protagonizada pela UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, Special Olympics e Lions, que realizaram, no último sábado (17), mais uma edição das Olimpíadas Especiais. O evento, feito em parceria com o Centro Esportivo Santos Dumont, Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Pontes Tur e o grupo HAP Vida. O evento aconteceu no Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem, e teve toda a programação destinada a estudantes e profissionais de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia e Fonoaudiologia, familiares e instituições que atendem pessoas com deficiência.

Na ação, pessoas com deficiência competiram em conjunto com pessoas que não possuem deficiência em modalidades como futebol, natação, atletismo e vôlei de praia. A disputa mista foi elaborada com o objetivo de proporcionar uma maior integração entre os esportes especiais e a sociedade, mostrando que é possível subir em qualquer pódio apesar das dificuldades.

Dias 26 e 27 de agosto, o Centro Universitário Maurício de Nassau – UNINASSAU, em parceria com o Lions Clube Internacional do Recife, promoveu uma capacitação destinada a estudantes e profissionais de Educação Física, aos familiares e instituições que atendem pessoas com deficiência no intuito de prepará-los para as Olimpíadas Especiais.

Fonte: Imprensa do Grupo Ser Educacional

CHEF SOCIAL UNINASSAU – RECIFE/PE

FotorCreated

Foi ao ar nos dias 24 e 25 de agosto, na TV Tribuna – canal 4, o Programa Chef Social UNINASSAU, concurso gastronômico realizado com os alunos do Projeto Circo Social UNINASSAU, ação desenvolvida pela UNINASSAU e Instituto Ser Educacional.

O concurso consistiu na preparação de refeições completas (entrada, prato principal e sobremesa), realizadas pelos alunos com a supervisão de um Chef convidado. Os pratos foram avaliados por uma comissão julgadora, formada por profissionais da área gastronômica.

A chamada do Programa, foi transmitida no dia 23/08 durante a exibição do Programa Master Chef, gerando uma repercussão à nível nacional do Projeto.

FACULDADE NA COMUNIDADE – RECIFE/PE

1474402394108875

Dia 17/09, a UNINASSAU e o Instituto Ser Educacional realizaram o Projeto Faculdade na Comunidade. A ação aconteceu no Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem, das 13h às 18h.

No local, foram oferecidos Atendimentos sociais para a comunidade, como aferição de pressão arterial, peso, altura e glicemia periférica; avaliação nutricional; orientação jurídica; consultoria contábil para empreendedores individuais; palestras educativas; escovação em crianças; plantão psicológico; orçamento doméstico, dentre outros.

O Projeto, tem o objetivo de promover ações que visem a comunicação da academia com as comunidades locais, de modo que estas participem ativamente da vida acadêmica que, por sua vez, deve comprometer-se efetivamente com a melhoria das condições de vida da comunidade, ao repartir com ela o saber que produz e as informações que detém.

A ação envolveu alunos, coordenadores e docentes da UNINASSAU e Faculdade Joaquim Nabuco.

MARA GABRILLI NA SEMANA MUNICIPAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

FotorCreated

No dia 26/08, em comemoração à Semana Municipal da Pessoa com Deficiência, foi realizado no Auditório Roque de Britto Alves, um seminário sobre a Lei Brasileira de Inclusão. Na ocasião, a Deputada Federal Mara Gabrilli, relatora do Projeto de Lei que faz alterações no código Civil, passando este, a garantir mais direitos às pessoas com deficiência, além de punir atos discriminatórios, palestrou aos presentes, tratando de vários aspectos do cotidiano de pessoas com deficiência.

Na ocasião foi lançada a segunda etapa do programa EAD Social da UNINASSAU. A primeira fase concedeu bolsas de graduação e pós-graduação para as mães que possuíam filhos portadores de microcefalia e doenças raras. Nesta fase do projeto, pessoas com tetraplegia poderão estudar via EAD utilizando uma plataforma inédita denominada Handsfree, criada pela ONG que leva o mesmo nome. O equipamento possibilita que as pessoas mexam o cursor do mouse apenas com os olhos, permitindo assim que elas possam estudar ou mesmo interagir com seu ambiente, já que o equipamento também permite à pessoa com deficiência ligar ou desligar eletrodomésticos e demais itens eletrônicos. Ele automatiza a residência ou o escritório do beneficiado. A deputada fará a demonstração do produto.

A Semana Municipal da Pessoa com Deficiência, foi uma iniciativa da UNINASSAU, Instituto Ser Educacional e AMAR – Aliança de Mães e Famílias Raras, tendo sido realizada entre os dias 21/08 a 28/08 com várias ações voltadas para o segmento, de acordo com a programação abaixo:

Dia 21 /08 – Festival Inclusivo – II Corrida Inclusiva do NE, 9h. Local: Centro Esportivo Santos Dumont

Dia 23 /08 – Blogueira Camila Coutinho: Seminário sobre autismo e roda de conversa sobre autoestima e superação.

Dia 26/08 – Deputada Federal Mara Gabrili: Seminário Lei Brasileira de Inclusão, 14h, auditório Roque de Britto Alves, Uninassau

Dia 27/ 08 – Mutirão Cadê Você – Local: Bloco A da Uninassau, das 8h às 12h. Em parceria com a Fundação Mara Gabrili.

Dia 28/ 08 – Encerramento com Festival de Dança Inclusiva e abraço, no Marco Zero, às 9h.

Olimpíadas Especiais promove inclusão no Recife

FotorCreatedEvento proporcionou disputas mistas entre deficientes e não deficientes

Não restam dúvidas que o ano olímpico inspirou grande parte dos brasileiros. Com os olhos vidrados nas disputas, o público torceu e percebeu que o esporte é, indispensavelmente, uma grande ferramenta de inclusão social. Nas Paralimpíadas, o Brasil deu um show de atuação, encerrando o certame com a melhor campanha de sua história. A delegação brasileira conquistou 72 medalhas, ocupando a oitava colocação no quadro geral. Essa boa fase demonstra que nos esportes não existem barreiras para pessoas com deficiência.

Em Pernambuco, a referência nos esportes inclusivos vem sendo protagonizada pela UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, Special Olympics e Lions, que realizaram, no último sábado (17), mais uma edição das Olimpíadas Especiais. O evento, feito em parceria com o Centro Esportivo Santos Dumont, Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Estado, Pontes Tur e o grupo HAP Vida. O evento aconteceu no Centro Esportivo Santos Dumont, em Boa Viagem, e teve toda a programação destinada a estudantes e profissionais de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia e Fonoaudiologia, familiares e instituições que atendem pessoas com deficiência.

Na ação, pessoas com deficiência competiram em conjunto com pessoas que não possuem deficiência em modalidades como futebol, natação, atletismo e vôlei de praia. A disputa mista foi elaborada com o objetivo de proporcionar uma maior integração entre os esportes especiais e a sociedade, mostrando que é possível subir em qualquer pódio apesar das dificuldades.

Dias 26 e 27 de agosto, o Centro Universitário Maurício de Nassau – UNINASSAU, em parceria com o Lions Clube Internacional do Recife, promoveu uma capacitação destinada a estudantes e profissionais de Educação Física, aos familiares e instituições que atendem pessoas com deficiência no intuito de prepará-los para as Olimpíadas Especiais.

Fonte: Imprensa do Grupo Ser Educacional

Arena Olímpica / Praia Sem Barreiras – Boa Viagem

novo

Neste sábado, 06/08/2016, foi realizada no projeto praia sem Barreiras Boa Viagem a Arena Olímpica, momento de muito diversão e descontração,  o evento aconteceu  no horário  das 9h às 14h, foi aberto ao público,  ofereceu Ginástica Artística, Tiro ao Arco, Competição adaptada de salto em distância, Corrida de 50 metros, Vôlei Sentado, Judô, Arremesso de peso, Levantamento de peso, Step, aferição de pressão, avaliação nutricional, alongamentos, orientação postural, análise de glicose, Calçada Sensorial, Termômetro de Transplantes, Esgrima e a Tocha Olímpica.

O público teve a oportunidade de conhecer diversas modalidades que serão realizadas nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, como destaca o coordenador do Instituto Ser Educacional, Sérgio Murilo. “Nosso objetivo é dar a oportunidade para que todos possam conhecer um pouco algumas das modalidades olímpicas que acontecerão durante os jogos no Rio, e participar ativamente. Quem sabe estaremos contribuindo para formação de novos campeões”, explica.

A Arena Olímpica UNINASSAU contará com o apoio dos cursos de Nutrição, Enfermagem, Fisioterapia, Farmácia, Educação Física e Biomedicina. O evento será realizado na arena do projeto Praia sem Barreiras, que fica em frente ao antigo Othon Palace, na rua Bruno Veloso, em Boa Viagem

No local houve á a exposição da Tocha Olímpica que foi conduzida em Recife, momento pelo qual as pessoas puderam tirar fotografias com o símbolo olímpico.

A culminância, do 1º semestre, do Circo Social UNINASSAU aconteceu com grande Arraial no dia de São Pedro

collage111

O encerramento das atividades, do primeiro semestre, do projeto Circo Social UNINASSAU aconteceu na última quarta-feira (29/06). O último dia da atração foi com trajes juninos, em homenagem a São Pedro, com a realização de um arraial e uma farta mesa de comidas típicas. No fechamento desta etapa do projeto, que contempla mais de 30 pessoas com Síndrome de Down e com deficiência intelectual, não faltou disposição. Foram exibidos números que exigem muita habilidade, como, malabarismo, equilibrismo, acrobacias e balé.

Feirão do Imposto Recife

Feirao do Imposto

O Feirão do imposto é uma campanha, que acontece desde 2011, com o objetivo de esclarecer a sociedade sobre a alta carga tributária paga pelos brasileiros.

Com este objetivo, a Associação de Jovens Empresários de Recife (AJE-Recife) em parceria com o Grupo Ser Educacional promoveu na sexta (20/05) e sábado (21/05) a 14ª edição da ação, que neste ano, alertou a população sobre a ausência de serviços com qualidade como retorno dos impostos arrecadados pela população.