Todos os posts de Diana Báfica

Sobre Diana Báfica

Formação: Serviço Social.

LANÇAMENTO BIKE SEM BARREIRAS EM SALVADOR

No dia 25 de março de 2018 , a Avenida Magalhães Neto, em Salvador, recebeu o projeto Bike Sem Barreiras, que promove inclusão social e lazer à pessoas com deficiência ou baixa mobilidade. O projeto da UNINASSAU consiste em oferecer três tipos de bicicletas adaptadas para pessoas com deficiência visual, física, mental ou múltipla. O Bike Sem Barreiras ocorreu das 8h às 12h e seguirá de forma itinerante por outros pontos da cidade, sempre aos domingos, durantes os meses de abril e maio (exceto nas semanas dos feriados).

afericao_de_pressao_arterial_tambem_foi_realizada_no_local alogamento_foi_realizado_pelos_alunos_do_curso_de_educacao_fisica_da_uninassau_salvador alunas_do_curso_de_servico_social_fazem_a_triagem_para_a_participacao_do_projeto_bike_sem_barreiras as_bicicletas_sao_adaptadas_para_pessoas_com_deficiencia_ou_baixa_mobilidade1 bike_sem_barreiras_levou_acessibilidade_e_inclusao_para_a_cidade_de_salvador bike_sem_barreiras_reuniu_pessoas_com_deficiencia_para_desfrutarem_de_um_momento_de_lazer_com_as_bicicletas_adaptadas projeto_bike_sem_barreiras_foi_lancado_neste_domingo_25_em_salvador projeto_bike_sem_barreiras_salvador

 

Atividades lúdicas celebram o Dia Internacional da Síndrome de Down

1490908575773422 (1)

Em comemoração ao dia internacional da Síndrome de Down, a Faculdade Maurício de Nassau realizou, na  quarta (22), uma manhã de atividades lúdicas para jovens com a síndrome e para seus responsáveis. O evento aconteceu das 9h às 11h no campus Pituba, em Salvador.

A Instituição recebeu 30 jovens com idade entre 18 a 40 anos, que  assistiram à uma apresentação e participar de diversas oficinas, como a circense, oficina de dança e cultura corporal e de artesanato com garrafas de plástico. As atividades foram acompanhadas por estudantes do curso de Pedagogia e Psicologia , supervisionados pelos professores. “Esse ano, além de promover atividades para os jovens, a nossa Instituição teve a preocupação de inserir as famílias para que  possam fortalecer o vínculo entre si”, explica Diana Báfica, assistente social da NASSAU.

Diana ainda informa que essa atividade faz parte do calendário de eventos de responsabilidade social da instituição e é uma parceria com a APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais. “Buscamos sempre implantar ações que valorizem o ser humano, independente nada sua condição”, conclui.

Exposição de fotos em Salvador celebra o dia da Consciência Negra-Unidades Pituba e Mercês

Para comemorar o dia da Consciência Negra, celebrado no último domingo (20), o Núcleo de Responsabilidade Social da Faculdade Maurício de Nassau, unidade Salvador, realizará uma exposição de fotos dos alunos afrodescendentes. A mostra acontece partir desta sexta (25).   A exposição estará disponível até o dia 30 de Novembro e será realizada na área de convivência das unidades Pituba e Mercês. “Nosso estado é composto por 80% de afrodescendentes, somos a maior população negra do país, por isso o nosso objetivo é valorizar a beleza negra, que representa a nossa Bahia”, explica Diana Báfica, auxiliar de Responsabilidade Social da instituição.
Para comemorar o dia da Consciência Negra, celebrado no último domingo (20), o Núcleo de Responsabilidade Social da Faculdade Maurício de Nassau, unidade Salvador, realizará uma exposição de fotos dos alunos afrodescendentes. A mostra acontece partir desta sexta (25).
A exposição estará disponível até o dia 30 de Novembro e será realizada na área de convivência das unidades Pituba e Mercês. “Nosso estado é composto por 80% de afrodescendentes, somos a maior população negra do país, por isso o nosso objetivo é valorizar a beleza negra, que representa a nossa Bahia”, explica Diana Báfica, auxiliar de Responsabilidade Social da instituição.

Mesa redonda debate preconceito e racismo-Lauro de Freitas

imagem mostra aperto de mãos entre brancos e negro

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro, os estudantes do curso de Serviço Social da Faculdade Maurício de Nassau promovem, no dia 30 de novembro, uma mesa redonda para discutir o combate ao preconceito e racismo. O debate é gratuito e acontece no bloco 2 da unidade Lauro de Freitas, às 18h30, e contará com a presença das assistentes sociais Joice Cristina e Ana Amélia Amorim.

O evento contará também com a coordenadora do curso, Aleine Ferreira que, na ocasião, irá promover uma discussão sobre uma nova postura e comportamento nas pessoas preconceituosas. “Será uma oportunidade para estimular o respeito e excluir qualquer tipo de discriminação”, frisa.

Logo após o debate, os alunos da graduação irão apresentar a peça teatral “Fragmentos da Cor Dor”, que irá retratar questões raciais. As inscrições para participar podem ser feitas na Secretaria Acadêmica.  A unidade Lauro de Freitas da Faculdade Maurício de Nassau fica localizada na Avenida Santos Dumont, Estrada do Coco, ao lado do Hospital Menandro de Faria. Mais informações pelo telefone (71) 3505-4599.