Arquivos da categoria: Campina Grande

Agenda Social #13

Você Viu?

 

Praia Sem Barreiras comemora cinco anos em Candeias

No sábado (08/12), o Projeto Praia Sem Barreiras da UNINASSAU, em parceria com a Empetur e Prefeitura de Jaboatão comemorou cinco anos do inicio das suas atividades em Jaboatão dos Guararapes. O evento aconteceu na arena montada na orla de Candeias e contou com 55 usuários e 40 acompanhantes, além de música, comidas, bebidas e o tradicional banho de mar assistido.

A comemoração contou também com a presença das bicicletas e estrutura do Bike Sem Barreiras, outro projeto de Responsabilidade Social da UNINASSAU com o objetivo de promover momentos de lazer para pessoas com baixa ou nenhuma mobilidade. “Estamos completando cinco anos de atividade que sempre procuramos exercer com muito carinho e seriedade para as pessoas com deficiência. Esperamos que venham mais 10 anos pela frente”, comemorou o coordenador de responsabilidade social da UNINASSAU, Sergio Murilo.

Praia Sem Barreiras – O Projeto teve início em 2013 e acontece durante todo o ano, de sexta à domingo, sempre em dias em que a maré está baixa. É montada uma estrutura na areia com uma esteira especial, para facilitar o acesso dos usuários, além das cadeiras anfíbias e esteiras de acesso que levam as pessoas até o mar. Estas cadeiras possuem braços que funcionam como boias e cintos para não haver o risco de quedas. Toda a assistência é dada por estudantes de Fisioterapia, Educação Física, Enfermagem e Turismo da UNINASSAU. Todos os voluntários passam por capacitações para poder atender melhor aos usuários.

 

Grupo de idosas realiza exposição de memórias na UNINASSAU

A terceira idade é um momento em que a maioria das pessoas deseja estar sem preocupações, apenas colhendo os frutos do que plantou durante a vida. É pensando neste presente que a equipe da Clínica Escola de Saúde da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, em Campina Grande, realizou uma Exposição de Memórias com os idosos do projeto Qualidade de Vida na Terceira Idade. O evento aconteceu na  quarta-feira (12), às 8h, no campus Estação Velha.

A iniciativa da exposição partiu das próprias participantes do projeto, que já estão acostumadas a ouvir palestras de diversos profissionais e praticar exercícios físicos, aprendendo meios de tornar a terceira idade cada vez mais tranquila e saudável. Para Maria das Neves Ursulino, 70, o grupo de idosos mudou muito a sua perspectiva da vida depois de uma depressão. “Eu já passei por muita coisa, já tive depressão e agora estou boa, graças ao pessoal daqui, que cuida tão bem da gente”, relata. “Eu faço até exercício físico. Vejo minhas amigas nas reuniões e tenho uma vida social muito boa. Estou com 70 anos e não me troco por uma de 30”, destaca.

A psicóloga e preceptora de psicologia da Clínica Escola, Carla Correia, descreve alguns detalhes do projeto. “Nós trabalhamos semanalmente com o grupo terapêutico. A proposta surgiu para dar lugar a troca de atividades e dinâmicas sugeridas pelas próprias idosas. Elas disseram que gostariam de fazer essa exposição de objetos e fotos que são símbolos de histórias do passado, resgatando memórias afetivas que guardam com carinho”, completou.

A Clínica Escola da UNINASSAU em Campina Grande está localizada na Rua Antônio Carvalho de Sousa, 295, Estação Velha. Para saber outras ações realizadas pela clínica Escola, está disponível o telefone (83)2101-8925.

 

Projeto Bike sem barreiras promove inclusão na Magalhães Neto em Salvador

Com o objetivo de chamar atenção para o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência que se comemorou no dia 3 de dezembro, a UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, em Salvador, participou no domingo (2), de uma caminhada realizada pelo Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito-7). A caminhada contou com o projeto de responsabilidade social da Instituição, Bike Sem Barreiras, que fomenta a inclusão social.

A ação ocorreu na Avenida Magalhães Neto, no bairro da Pituba em Salvador, e contou com a presença dos atletas do time de Futebol de Amputados do Bahia, que puderam vivenciar um momento de lazer gratuitamente, através das três bicicletas adaptadas da UNINASSAU. Discentes do curso de fisioterapia também estiveram presentes.

O professor do curso de fisioterapia, Eduardo Santana cita a importância de ações como essa para a formação do profissional. “Precisamos entender que a participação é para todos, independentemente da sua necessidade, é muito importante para a prática do profissional Fisioterapeuta”, concluiu.

Na ocasião, os alunos do curso de biomedicina juntamente com a coordenadora do curso, Milena Lima, distribuíram protetor solar através do projeto “Tô de boa no verão”, que alerta para a prevenção ao câncer de pele. “Além de fomentar a inclusão, precisamos chamar atenção da população para os cuidados com a pele, principalmente na prática de esportes ao ar livre”, explicou.

 

Meeting UNINASSAU: Empreendedorismo e Inovação

A primeira edição do “Meeting UNINASSAU: empreendedorismo e inovação” foi realizada nos dias 04 e 05 de dezembro, na unidade Farol da UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, em Maceió. O primeiro dia do evento contou com palestras sobre o sistema BIM e suas aplicações e sobre a importância de se trabalhar o accountability pessoal no mundo V.U.C.A. Mesas redondas sobre a transformação dos negócios na era pós-digital e sobre planejamento em startups também preencheram a programação.

No segundo dia, indústria 4.0, negócio social, empreendedorismo e inovação na educação e gerenciamento de projetos de inovação foram alguns dos temas abordados em palestras. Além disso, o público pôde conhecer os cases de sucesso das franquias alagoanas Açaí Concept e The Black Beef e do Projeto Zoo Pet Silvestre. Mesas redondas discutiram o impacto das redes sociais no mercado e gestão de mídias sociais. Simultaneamente, durante todo evento aconteceu a feira de negócios com exposição de produtos e serviços dos mais variados segmentos.

 

UNINASSAU realiza atendimento para comunidade em parceria com a Marinha

A UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau, em Maceió, realizou, no sábado (08), serviços gratuitos nas áreas de Odontologia, Nutrição, Farmácia e Fisioterapia, como parte de uma ação cívico-social alusiva à Semana da Marinha. O evento ocorreu em uma escola municipal que atende crianças do Vale do Reginaldo, área humilde da capital alagoana.

Os alunos do 2º período de Odontologia da UNINASSAU Maceió ofereceram à comunidade orientação sobre higiene bucal e aplicação de flúor em adultos e crianças. “Eles estão começando a vivência clínica e, por isso, o contato com o paciente, com a comunidade e com a realidade carente do entorno é importante, visto que muitos alunos desconhecem essa realidade.  Para a comunidade, esse tipo de suporte vindo das instituições é fundamental. Sem dúvidas, é muito importante essa parceria entre a UNINASSAU e a Marinha”, disse o coordenador do curso, Alysson Calheiros.

Estudantes de Fisioterapia levaram cuidados com a pele para os atendidos, através de limpeza de pele superficial. A professora Alexandra Alcântara, responsável pela atividade, contou que a resultado na pele é instantâneo e, além disso, traz melhora na autoestima do paciente, pois o atendimento é individualizado e focado em cada tipo de pele. “Para os alunos, o ganho é imenso, pois eles levarão esse aprendizado para a vida toda e estarão colocando a mão na massa, tendo a oportunidade de lidar com vários tipos de pessoas”, pontou.

Os moradores da comunidade tiveram ainda atendimento com os estudantes de Nutrição, que realizaram uma avaliação de peso e altura para oferecer orientação nutricional de acordo com o resultado. A professora Aline Martins, que coordenou a atividade, explica que, com esse atendimento, a população sai orientada do que é melhor para se ter uma vida mais saudável.

Na ocasião, estudantes de Farmácia também ofereceram uma palestra sobre medidas profiláticas para parasitoses intestinais. Infelizmente, muitas crianças ainda são acometidas por verminoses, por isso, a orientação dos alunos dá às crianças a chance de, com as medidas necessárias, evitarem vermes, amebas e outras enfermidades.

 

Agenda Social 13