Arquivo da tag: #SerEducacional

...

UNINASSAU ARACAJU PROMOVE AULA INAUGURAL DO MÃES PRODUTIVAS

As mães contempladas com bolsas de estudo de graduação e pós-graduação EAD do Projeto Mães Produtivas participaram, no dia 10 de agosto, de uma aula inaugural na UNINASSAU Aracaju. Na oportunidade, as mães escolhidas para o projeto tiveram o primeiro contato com o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
O Mães Produtivas é um projeto que faz parte do Programa EAD Social, desenvolvido pelas Instituições mantidas pelo grupo Ser Educacional, entre elas a UNINASSAU Aracaju, que oferta bolsas de estudos para cursos de graduação e pós-graduação EAD para mães de crianças com doenças raras e/ou Microcefalia de 20 estados do Brasil.
As mães participaram, com seus filhos, de um momento muito especial, em que conheceram o Núcleo de Apoio ao Ensino e o Núcleo de Trabalhabilidade Emprego e Carreira (NTEC). NAE abordou que, por meio do projeto ‘Espaço Kids no EAD’, as mães poderão trazer seus filhos para a Faculdade durante os dias de provas e aulas práticas. Firmou compromisso com as Mães, sobre fazerem plano de estudos como forma de melhor administrar o tempo de estudos. NTEC abordou sobre vagas de estágio e emprego, bem como sobre plano de carreira para as Mães Produtivas.
A Coordenadora do Polo EAD da UNINASSAU Aracaju organizou o espaço para melhor acolher as mães e demais alunos do EAD na aula inaugural.
...

UNINASSAU Promove Aula Inaugural do Mães Produtivas

As mães contempladas com bolsas de estudo de graduação e pós-graduação EAD do Projeto Mães Produtivas vão participar, no dia 08 de agosto, de uma aula inaugural na UNINASSAU – Centro Universitário Maurício de Nassau Maceió, unidade Farol. Na oportunidade, as mães escolhidas para o projeto terão o primeiro contato com o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
O Mães Produtivas é um projeto que faz parte do Programa EAD Social, desenvolvido pelas Instituições mantidas pelo grupo Ser Educacional, entre elas a UNINASSAU Maceió, que oferta bolsas de estudos para cursos de graduação e pós-graduação EAD para mães de crianças com doenças raras e/ou Síndrome de Down de 20 estados do Brasil.
A coordenadora de polo EAD da UNINASSAU Maceió, Renata Cardoso, conta que as mães participarão, com seus filhos, de um momento muito especial, em que conhecerão a direção da unidade e o trabalho do Núcleo de Trabalhabilidade Emprego e Carreira (NTEC). “A Trabalhabilidade vai mostrar para elas que, ao iniciar a graduação, são grandes as chances de um estágio remunerado para aumentar a renda da casa”, explica.
“Também vamos explicar como funciona o AVA, dar orientações sobre o atendimento ao aluno, provas e aulas práticas”, diz Renata. Ela lembra também que as novas estudantes serão alertadas sobre a importância da dedicação aos estudos e da organização para alunos de cursos a distância.
O reitor da UNINASSAU Maceió, Avelino Balbino, ressalta a importância da educação como fonte de prosperidade e as vantagens do ensino a distância nesses casos. “Uma graduação presencial tem horários corridos e o ensino a distância oferece essa flexibilidade, onde, num momento de folga, a mãe pode estudar e transformar esse conhecimento em uma forma de estabilidade financeira no futuro.”
Renata Cardoso reforça que a responsabilidade social é um dos pilares da UNINASSAU. “Essas bolsas ajudarão famílias em vulnerabilidade social que, na maioria das vezes, as mães nem cogitam começar uma faculdade porque cuidam dos filhos. Porém, o EAD possibilita a inserção dessas mulheres na vida acadêmica e devemos sempre lembrá-las que, mesmo tento um filho com doença rara, elas podem se capacitar e ingressar no mercado de trabalho”, pontua.
As aulas no portal têm início já no dia 01 de agosto, porém, em fase de adaptação. As mães estão matriculadas nos cursos de Pedagogia, Nutrição, Farmácia e Gastronomia.
EAD premiado
Em julho de 2019, o Ensino a Distância (EAD) do grupo Ser Educacional foi premiado no Blackboard Catalyst Award. A empresa, mantenedora das marcas UNINASSAU, UNIVERITAS, UNIVERITAS/UNG, UNAMA e UNINABUCO, foi destaque na metodologia de ensino diferenciada, que cria estratégias e incentiva os estudantes a concluir os cursos, mesmo em uma modalidade que requer maior comprometimento por parte dos discentes.
De acordo com o diretor-presidente do Ser Educacional, Jânyo Diniz, a premiação inédita é um reconhecimento não apenas para o Grupo, mas para o segmento. “A modalidade EAD é consolidada no mundo, porém, ainda está em desenvolvimento no Brasil. O reconhecimento internacional de uma premiação como essa nos ajuda a desmistificar a modalidade. Isso é positivo para todos”, explica. Além do Ser Educacional, foram premiadas a ISIE Business School Universidade de Navarra, da Espanha e a Keiser University, da Flórida, nos Estados Unidos.
...