14/01/22

BIKE SEM BARREIRAS

Por que criamos o Bike Sem Barreiras?

O Projeto “Bike Sem Barreiras” é uma ação de inclusão social do Grupo Ser Educacional, com realização do Instituto Ser Educacional e tem como objetivo integrar pessoas com deficiência aos espaços de convivência da cidade.

As suas atividades foram iniciadas em 2016, no Recife, em parceria com a Prefeitura do Recife e a Empetur através da Secretaria Estadual de Turismo. Atualmente, o Bike sem Barreiras é realizado nas Unidades da UNINASSAU Recife, Salvador, João Pessoa, São Luís e Natal e na UNIVERITAS Rio de Janeiro.

Como atuamos?

Acolhimento e empatia são palavras que vem à tona quando alguém passa por uma vivência no projeto. O Bike Sem Barreiras conta com todo um aparato que permite aos seus usuários compreender os problemas que pessoas com dificuldade de locomoção sofrem em seu cotidiano, além de proporcionar às pessoas com deficiência um momento de lazer que raramente é desfrutado com tamanha segurança e amparo. Para isso, existem três enfoques no projeto.

O primeiro deles é amplamente conhecido do público que acompanha o Bike, trata-se das Handbikes, bicicletas adaptadas para pessoas paraplégicas que permite que o deslocamento seja feito através do movimento das mãos ao invés das tradicionais pedaladas. Existe uma estrutura similar aos pedais convencionais nos guidões que, ao ser impulsionada, faz a bicicleta se mover. É um sopro de liberdade e autonomia para aqueles que muitas vezes se deparam com situações desafiadoras em um mundo não adaptado.

Porém tão importante quanto fornecer independência de movimento àqueles que tem algum tipo de limitação, é conscientizar a população geral de que existe muito a ser feito para que essas pessoas possam transitar com tranquilidade ou ter momentos de lazer que parecem banais para a maioria da sociedade. Por isso, o Bike Sem Barreiras também dispões das chamadas bicicletas duplas, que proporcionam uma das experiências preferidas do público: o passeio guiado. Usando dois assentos, um instrutor vai na frente conduzindo e a outra pessoa aproveita o passeio no banco de trás. Se for alguém que não enxerga, consegue desfrutar da diversão de algumas voltas de bicicleta. Caso o usuário consiga ver, é fornecido uma venda para que sinta a experiência do ponto de vista daqueles que tem dificuldades visuais. Em ambos os casos, é sempre uma experiência única.

Por fim, mas não menos importante, temos o The Duet, que consiste em um passeio diferente. A bicicleta usada nessa vivência é adaptada de maneira que uma cadeira é adaptada na frente da bicicleta. Logo, o instrutor do projeto pedala e guia e o usuário sentado à frente desfruta do trajeto. Essas bikes especiais são produzidas nos EUA e podem ser usadas para multideficiências.

Quem participa?

O projeto não só contempla pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção, os idosos também gostam e são presença constante em todas as atividades disponibilizadas pelo Bike Sem Barreiras. São atividades saudáveis e importantes para vários públicos diferentes.

Por isso, ao promover a liberdade, conscientização e lazer, fazemos a nossa parte para tornar o nosso espaço urbano mais ético e responsável. Dessa forma, o Bike Sem Barreiras é um projeto que engrandece a todos que estão envolvidos e, ao mesmo tempo, lembra à sociedade valores que nunca deveríamos esquecer.

Notícias?

Conheça onde atuamos por uma Educação de qualidade para todos e todas.

Saiba mais

UNAMA Castanhal realizará live com prof. Maria Berenice Dias em alusão aos 20 anos do Código Civil e temas do Direito das Famílias

UNIFACIMED simula acidente e é destaque em ação do Maio Amarelo

Ser Educacional publica cartilha de conscientização no Dia Internacional Contra a LGBTIfobia

UNG promove o projeto Ser Leitor em Guarulhos

UNINASSAU sedia o Festival Original Rua PE

Newsletter

Fique por dentro do que acontece no Instituto.